O Experimento Tokamak Esférico ETE


O ETE (Experimento Tokamak Esférico) é uma máquina dedicada ao estudo de plasma em tokamaks de baixa razão de aspecto. O ETE foi inteiramente projetado e construído no Laboratório Associado de Plasma do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Os principais parâmetros do ETE são: raio maior R = 0,30 m, razão de aspecto A = R/a = 1,5 (a é o raio menor do plasma), indução magnética toroidal B = 0,4 T, e corrente de plasma I = 0,2 MA. A corrente de plasma pode atingir ~ 0,4 MA, dependendo do aumento da capacidade das fontes de potência atualmente disponíveis, e de um possível aumento do campo magnético para níveis em torno de 0,6 T. A razão de aspecto pode ser reduzida para até 1,3 se o solenóide de aquecimento ôhmico for removido, mas isto depende dos desenvolvimentos futuros na área de geração de corrente não indutiva (sem usar o efeito transformador).


Visão artística do Experimento Tokamak Esférico ETE.

A configuração de baixa razão de aspecto requer um projeto cuidadoso das bobinas toroidal e poloidais, da câmara de vácuo, da estrutura mecânica e das peças que defrontam o plasma, que se devem adaptar ao volume central limitado do toróide.

ETE1.gif (4703 bytes)

ETE2.gif (6194 bytes)

ETE3.gif (10211 bytes)

ETE4.gif (11919 bytes)

Ilustração de vários estágios de montagem do toróide esférico ETE.


Objetivos gerais do experimento ETE:

Programa de pequisa a curto prazo:

Foto_ETE150703.jpg (154536 bytes)

Foto do Experimento Tokamak Esférico ETE.


Tecla_Plasma_de_Fusao.gif (2470 bytes) Tecla_Pesquisa_no_LAP.gif (2434 bytes) Tecla_Pagina_Inicial_do_LAP.gif (2585 bytes)

UK.gif (261 bytes)